20100430

Aquele Mar... é Um Pouco Meu Também

Aquele mar
Meu confidente de horas idas


Tudo escutava e adivinhava
Do meu pueril e ingénuo anseio



E a eternidade em tudo via
Humano sonho sempre esquecido
Na eterna voz que fala o mar
( João de Barros)

20100424

Tu és, Senhor, o meu Pastor

Pelos prados e campinas verdejantes eu vou,
é o Senhor que me leva a descansar.
Junto às fontes de águas puras repousantes eu vou,
minhas forças o Senhor vai animar.

Tu és, Senhor, o meu pastor,
por isso nada em minha vida faltará. (bis)

Nos caminhos mais seguros junto d’Ele eu vou,
e pra sempre o seu nome eu honrarei.
Se eu encontro mil abismos nos caminhos eu vou,
segurança sempre tenho em suas mãos.

Ao banquete em sua casa muito alegre eu vou,
um lugar em sua mesa me preparou.
Ele unge minha fronte e me faz ser feliz
e transborda a minha taça em seu amor.

Bem à frente do inimigo confiante eu vou,
tenho sempre o Senhor junto de mim.
Seu cajado me proteje e eu jamais temerei
sempre junto do Senhor eu estarei.

Co’alegria e esperança, caminhando eu vou,
minha vida está sempre em Suas mãos.
E na casa do Senhor eu irei habitar
e este canto para sempre eu cantarei.

Pelos Prados e Campinas

(Padre Zezinho, Pelos Prados e Campinas - Salmo 22)
(Partitura e acordes)


20100416

A Vida Deixa Sempre a Porta Aberta

A vida é tão diferente
Daquilo que sonhamos
Talvez o nosso mal seja acordar
Lancei o meu futuro
Para lá do firmamento
E agora não consigo lá chegar

Estou a sentir
A minha voz perdida no deserto
Mas sou quem diz
Que a vida deixa sempre a porta aberta
P'ra que eu possa lá entrar
E quem sabe regressar
À mais pura inocência

A vida é tão diferente
Dos sonhos que lembramos
Eu sei que o nosso mal é recordar
Perdi o teu futuro
P'ra lá do nosso tempo
E agora não consigo lá voltar

Estou a Sentir
A minha voz perdida no deserto
Mas sou quem diz
Que a vida deixa sempre a porta aberta
P'ra que eu possa lá entrar
E quem sabe te encontrar
Na mais pura inocência

(Polo Norte, Pura Inocência)



(acordes)

Mas sou quem diz
Que a vida deixa sempre a porta aberta

20100414

Isto é progresso?

"O vitupério anti-católico prolifera, é o que mais se destaca nestes dias, é o que mais une toda esta banda mediocres semi-cultos. O tema é indiferente. O Papa ou as procissões de Semana Santa, dá igual. O católico molesta, incomoda, é uma fraude."

Leis, ironias, blasfémias, preconceitos e sarcasmo. O desdém. E patadas ao mais sagrado. )


"Não penseis que eu vim trazer paz sobre a Terra; eu não vim trazer a paz, mas a espada." (Mt. 10, 34)

20100411

“Meu Senhor e meu Deus!”



"Felizes os que acreditam sem terem visto."
(Jo 20,29)

20100406

É Páscoa na Aldeia

É Páscoa na aldeia. Ouvem-se foguetes a estalar. Brilham tapetes de verduras às portas das casas por onde o Senhor vai passar. É um dia diferente. E está um dia de luar!
Depois de mais de trinta anos: a Visita Pascal. Uma segunda-feira de Páscoa com cheiro de outros tempos.
As pessoas esperam na rua, às portas. É a tradição que se revive uma vez mais.
A campainha soa cada vez mais perto: é o Cristo Ressuscitado que se faz anunciar!
E entra nas casas. E se faz Graça de Deus em cada lar.
No fim, os sorrisos, a satisfação em cada olhar, em cada palavra, em cada conversa entre vizinhos de um ao outro lado da estrada.
É Páscoa na aldeia.
Que seja para continuar!

20100404

Cristo Ressuscitou! Aleluia! Aleluia!

É Domingo de Páscoa: Cristo ressuscitou. Aleluia! Aleluia!

Jesus Cristo vive. Está bem vivo no meio de nós.
Jesus morreu na Sexta-feira santa, sim, mas ressuscitou ao terceiro dia como havia prometido. Este é o mistério central da nossa fé.
Cristo venceu a morte para que pudéssemos ter a Vida.




Que Jesus ressuscite verdadeiramente nos nossos corações!

Boas Festas Pascais!

Podes partilhar também aqui as tuas palavras