20170306

As tentações a que Jesus não fugiu, mas enfrentou


O Evangelho de Mateus 4,1-11 faz-nos reflectir nas tentações de Jesus, que são também as nossas:

⇒ tentação de Ter:
«Se és Filho de Deus, diz a estas pedras que se transformem em pães»
(a tentação de ser Messias através das riquezas e da posse;

⇒ de (A)parecer (das nas vistas):
«Se és Filho de Deus, lança-Te daqui abaixo, pois está escrito: ‘Deus mandará aos seus Anjos que te recebam nas suas mãos, para que não tropeces em alguma pedra’»
(a tentação de ser Messias através do sucesso e da imagem);

⇒ e de Poder:
«Tudo isto Te darei, se, prostrado, me adorares»
(a tentação de ser Messias através da subjugação do outro e do domínio).


 Às quais somos desafiados a contrapor as atitudes fundamentais de
 ➸ Desprendimento:
«Está escrito: ‘Nem só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus’»;

 Autenticidade:
«Também está escrito: ‘Não tentarás o Senhor teu Deus’»;

➸ e Serviço:
«Vai te, Satanás, porque esta escrito: ‘Adorarás o Senhor teu Deus e só a Ele prestarás culto’».


4 comentários:

Eduardo Aleixo disse...

Tentações/desafios a que nós estamos inevitavelmente sujeitos como filhos de Deus e que devemos agradecer,porque provas indispensáveis ao nosso crescimento espiritual.
Abraço.

Majo Dutra disse...

Muito interessante, Fá.
Dias felizes.
Abraço.

Smareis disse...

Estamos sujeitos a tentação e somos desafiados todos os dias.

O fundo musica é muito bom.
Gosto muito de Only Time , com Enya

Um lindo e aconchegante outono e que vocês possam preencher cada minuto desta nova estação com muita alegria, fé e paz!
Abraço!

Roselia Bezerra disse...

Bom dia, querida Fá!
As tentações nos impelem a sermos melhores e vermos, paralelamente, qual fraco somos sem Jesus!
Bjm muito fraternal

Podes partilhar também aqui as tuas palavras